" A inquietude não deve ser negada, mas remetida para novos horizontes e se tornar nosso próprio horizonte."
Edgar Morin

sexta-feira, 19 de maio de 2017

POLÊMICA. DELAÇÕES: É EXCELENTE ESTRATÉGIA, PORÉM ESCAPATÓRIA.
O poder do capital da JBS. Seus"principais" negócios estão nos EUA, EUROPA, AUSTRÁLIA...etc. AGORA LIVRES, SEM TORNOZELEIRAS que os liguem ao Brasil.
A família  Batista de Anápolis/GO já  havia conquistado o mundo. Após delação deixarão o  "RESTO DO RESTO"  NO BRASIL para os financiadores, via BNDS, os cidadãos brasileiros.
Administrarão do "estrangeiro" suas instalações industriais de vários segmentos produtivos (carne, couro, biodiesel, trading, embalagens, ambiental, gordura, etc.). SEU IMPÉRIO  PELO MUNDO ESTÁ MAIS SÓLIDO DO QUE NUNCA "com o dinheiro público  brasileiro".  Delataram... VALEU?... O Tempo responderá... Mas é certo que a JBS se consolidou como um dos mais importantes conglomerado industrial do mundo.

O BRASIL NADA TEME

 
Gravíssimo  sim, o áudio... só de um presidente  receber um empresário investigado na sua Residência Oficial, "ao apagar das luzes"... ouvir, concordar, consentir comentários  de informações "privilegiadas"   sobre a Operação  lava-jato; vazar  taxa de juros de 1% do BC; comentar com empresário: "está  de olho nos dois né?" - juízes; se silenciar diante aliciamento de um Procurador; conceder solicitação  ao empresário em ter acesso ao ministro
Henrique Meirelles,
CADE, e outros.
É   estapafúrdio  e absurdo; uma imoralidade; uma conivência com a obstrução da justiça, consentimento...
Chegamos  até, perceber uma imponderável e "estranha" subserviência, impotência do Gestor do Executivo diante do empresário (o qual o tratava de você...fiz isto  e aquilo...procurei fuluno...e o Chefe do executivo em tudo concordava).
Uma Ofensa enfática e irreparável de um "presidente e chefe de Estado" à  República Brasileira. Renúncia? Cassação  da Chapa pelo TSE? Impeachment? Diretas ou indiretas? ..." HOJE" me
Limitei a  este comentário... pois sabemos que tem muito mais amanhã, depois e depois...para longas análises. Finalizo, com UMA intertextualidade   da assertiva Positivista (slogan governo Temer):
"ORDEM E PROGRESSO",  me permito: "PROGRESSO MORAL E ORDEM PÚBLICA"

OBSERVAÇÃO: FHC, Aécio &, Lula, Dilma& Cunha, Cabral, Eunício, Renan &, Maia & e o Congresso corrupto &... TODOS  deverão  responder seus crimes  perante o ordenamento constitucional, nas devidas instâncias julgadoras, sob os  títulos e artigos  do direito penal. Historiadora Juliane Gomide.