" A inquietude não deve ser negada, mas remetida para novos horizontes e se tornar nosso próprio horizonte."
Edgar Morin

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

MENSALÃO


QUEM ASSISTI AO JULGAMENTO DO MENSALÃO DO STF SENTE-SE AVILTADO COM A VAIDADE DOS dEUSES TOGADOS. CADA UM DEFENDE SUA VERDADE COMPETINTO QUEM EXPLICITA A RETÓRICA MAIS ERUDITA, MAIS REBUSCADA E COM MAIS CITACÕES DE ESTUDIOSOS DO DIREITO ( QUE DEVEM RESSUCITAR DA MAIS LONGÍNCUA ESCOLÁSTICA ).  ALÉM DE SER CLARAMENTE NÍTIDO QUE NA NOSSA CORTE MAIOR, NÃO ESXISTE UM ESPÍRITO DE COLEGIADO, MAS SIM UM DESFILE DE VAIDADES, UMA DISPUSTA DE PODER  E UMA PASSARELA DE TERNOS ITALIANOS.
MAS O FATO É QUE HOJE O MISNISTRO REVISOR RICARDO LEWANDOWISK, CONTRARIANDO AS OBVIEDADES DE CULPABILIDADE APRESENTADAS PELO MINISTRO RELATOR JOAQUIM BARBOSA, ABSOLVEU O EX PRESITENDE DA CAMÂRA JOÃO PAULO CUNHA, ATUAL CANDITADO DO PT A PREFEITURA DE OSASCO,  DE CORRUPCAO PASSIVA E PECULATO ( O NOSSO EX DEPUTADO RESPONDE A PROCESSO POR PECULATO, CORRUPCAO PASSIVA E LAVAGEM DE DINHEIRO)...
 NAS  MARGENS PLÁCIDAS  ASSISTIMOS, AINDA O INICIO DO  SHOW... MAS DE OLHOS BEM ABERTOS, ENGANA-SE QUEM ACHA QUE NÓS CIDADÃOS BRASILEIROS  “... AINDA SOMOS OS MESMOS... E VIVEMOS COMO NOSSOS PAIS...”.