" A inquietude não deve ser negada, mas remetida para novos horizontes e se tornar nosso próprio horizonte."
Edgar Morin

quarta-feira, 13 de maio de 2009

HOJE!! PARTICIPE DA VIGÍLIA PELA AMAZÔNIA - Movimento Amazônia Para Sempre

Entidades governamentais e da sociedade civil participarão de vigília pela AmazôniaA fim de chamar a atenção para a preservação da Amazônia, o Senado realiza em Plenário, a partir das 18h desta quarta-feira (13), uma série de debates com a participação de parlamentares, movimentos sociais e entidades do governo.

A vigília é uma iniciativa do movimento Amazônia Para Sempre, que tem à frente os atores Juca de Oliveira, Victor Fasano e Christiane Torloni. A manifestação está sendo promovida, no Senado, pelas comissões Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas; de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA); e de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

Ouvintes da Rádio Senado, telespectadores da TV Senado e internautas que acessam a Agência Senado poderão participar da vigília em defesa da Amazônia. O serviço Alô Senado - A Voz do Cidadão (0800-612211) receberá sugestões, comentários e protestos. A participação também poderá ser feita pela página da Secretaria de Pesquisa e Opinião Pública.

Da Redação / Agência Senado

Brasil ainda levará décadas para erradicar o analfabetismo

Se o ritmo de redução da população analfabeta permanecer o mesmo dos últimos anos, o Brasil ainda levará algumas décadas para se livrar de um problema que hoje atinge um em cada dez brasileiros: o analfabetismo. No ano 2000, na Conferência Mundial de Educação, em Dacar (Senegal), o Brasil assinou junto com 128 países um pacto para melhorar a qualidade do ensino. Entre as metas estabelecidas, está reduzir pela metade a taxa de analfabetismo no país até 2015, chegando ao percentual de 6,7%.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2007 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que 14 milhões de analfabetos vivem hoje no país. O contingente representa 10% da população com mais de 15 anos. Se em 15 anos o percentual de pessoas que não sabem ler e escrever caiu de 17,2%, em 1992, para 9,9%, em 2007, nos últimos anos o ritmo de queda está praticamente estagnado. De 2005 para 2006, a redução foi de 0,7% e de 2006 para 2007, de 0,4%.

Para a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), responsável por monitorar o compromisso Educação para Todos, firmado durante a Conferência Mundial de Educação, vai ser muito difícil o Brasil atingir a meta esperada para 2015. “Isso exigiria um esforço muito maior do que o que está sendo feito. A gente espera que o Brasil consiga atingir a meta, mas acho que isso ainda vai permanecer no reino dos desafios”, diz o especialista em educação de jovens e adultos da Unesco, Timothy Ireland.
Amanda Cieglinski - Agência Brasil