" A inquietude não deve ser negada, mas remetida para novos horizontes e se tornar nosso próprio horizonte."
Edgar Morin

terça-feira, 8 de setembro de 2009

A POPULARIDADE DO PRESIDENTE CAI - O QUE PREVIMOS EM CARTA AO SENADO


Varios Institutos de pesquisa confirmam que a popularidade de Lula e a aprovação do seu governo sofrem com os efeitos da crise economica e politica no Senado (apoio irrestrito a Sarney) e incompetencia da rede publica no atendimento a populacao diante da pandemia da cripe H1N1. A aprovação do governo teve queda de 10 a 15 pontos percentuais entre janeiro e março.
Um trecho,abaixo, da nossa mensagem que encaminhamos aos senhores sendores fizemos esta previsao.Confiram:
"...Senadores, o presidente Lula não tarda, logo após a próxima pesquisa de popularidade, chegara a conclusão de que será obrigado publicamente a liberar os senadores de seu partido e aliados para se posicionarem livremente - o Senador Mercadante agradece, não e mesmo Senador?"

Nenhum comentário: