" A inquietude não deve ser negada, mas remetida para novos horizontes e se tornar nosso próprio horizonte."
Edgar Morin

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

OBAMA e AMERICA LATINA

Sem grandes modificações ou iniciativas, mas com uma mudança de tom. É assim que a maioria dos analistas em Washington descrevem as prováveis políticas de Barack Obama para a América Latina.

A dura realidade para aqueles que sonham com que Obama traga um novo tempo para as relações entre os Estados Unidos e a região é que o presidente eleito tem outras prioridades: uma recessão econômica em seu país e as guerras no Iraque e no Afeganistão.

"Estes serão os pontos principais antes de outros assuntos, inclusive a América Latina", diz Daniel Erikson, analista do Inter-American Dialogue. "Mas deve haver uma mudança de estilo para com a região - com menos didatismo e mais interesse na construção de um consenso e com um trabalho por meio de organizações multilaterais".
Fonte: BBC - Brasil

Nenhum comentário: